Coordenadores devem orientar sobre obrigatoriedade do Questionário do Estudante

5 de novembro de 2019

A menos de 20 dias do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), os estudantes inscritos para realizar as provas precisam preencher o Questionário do Estudante, disponível no Sistema Enade, plataforma on-line acessível pelo portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O preenchimento do questionário é obrigatório para a regularidade dos concluintes junto ao Enade. As provas do exame serão aplicadas em todo o país, no dia 24 de novembro.

O Questionário do Estudante é destinado a reunir informações para construir o perfil dos graduandos, que auxiliam na análise dos resultados das provas, e para subsidiar os processos de avaliação de cursos de graduação e de instituições de educação superior. Para responder às perguntas, basta acessar o Sistema Enade, escolher o menu “Questionário do Estudante” e clicar sobre as alternativas de resposta desejadas. O questionário será enviado ao Inep apenas quando, na última página, for acionado o botão “Finalizar”, indicando o preenchimento total do instrumento. A finalização do questionário será pré-requisito para a visualização do local de prova, que estará disponível a partir de 8 de novembro.

É responsabilidade das instituições de educação superior informar os estudantes habilitados a respeito de suas inscrições e de suas obrigações perante o exame, mas é importante frisar que o questionário deve ser preenchido exclusivamente pelo estudante, não sendo admitidas quaisquer manipulações, influências ou pressões de terceiros. Na edição de 2019, o Enade avaliará os cursos das áreas de ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins; engenharias e arquitetura e urbanismo; e os cursos superiores de tecnologia nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e de segurança.

Exame – O Enade 2019 será aplicado no dia 24 de novembro, em todo o país. Com duração de quatro horas, as provas serão compostas por 10 questões de formação geral e 30 questões de componente específico, divididas em itens discursivos e de múltipla escolha. As competências avaliadas em cada parte da prova estão listadas nas portarias com as diretrizes de cada área, já publicadas e disponíveis para consulta no portal do Inep.